Maternidade Saúde

Vacina Rotavírus Pentavalente: veja aqui reações adversas e contraindicações

As reações adversas à vacina rotavírus pentavalente gera muitas dúvidas e temores nos pais. Como saber se a reação está grave à ponto de precisar levar o bebê ao médico?




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% EM TODO O SITE

Neste artigo você verá detalhadamente as possíveis reações à vacina rotavírus pentavalente e também quais são os sinais de alerta para levar o bebê ao médico.

Vacina Rotavírus Pentavalente e suas indicações:

Esta vacina é indicada para evitar formas graves de diarreia, causada por 7 tipos de micróbios diferentes.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

A imunização contra o rotavírus possui eficácia em 90% dos casos.

É desejável que a criança tome três doses com intervalo de 2 meses entre elas, podendo ser aplicadas doses com, no mínimo, 30 dias de intervalo.

Idade limite:




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

A idade máxima em que é possível tomar a primeira dose da vacina contra o rotavírus é com 1 mês e 15 dias até 3 meses e 15 dias.

Composição:

Vírus atenuado de rotavírus de origem bovina com alteração genética.

Reações adversas:

As possíveis reações adversas são:

  • irritabilidade;
  • perda de apetite;
  • diarreia;
  • vômitos;
  • flatulência (que pode causar cólicas);
  • dor abdominal;
  • regurgitação ou golfo;
  • febre baixa;
  • fadiga.

Atenção especial: monitore a temperatura da criança a cada 1 hora, peça indicação de um antitérmico para o pediatra e dê à criança, conforme a orientação do médico.

Vá imediatamente ao hospital caso a criança esteja:




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina
  • muito abatida, sem reagir aos estímulos;
  • apresentar a boca arroxeada;
  • tiver resquícios de sangue nas fezes;
  • febre alta mesmo após administração do antitérmico.

Contraindicações:

Evite a imunização contra rotavírus se:

  • a criança apresentar reação grave à primeira dose da vacina;
  • houver alergia a qualquer componente da vacina;
  • houver problemas de malformação gastrointestinal;
  • a criança apresentar problemas de deficiência na imunidade.

Vacinação em dia:

É difícil administrar todas as carteiras de vacinação da família. Por isso, existem algumas opções de aplicativos para celular em que você consegue acompanhar melhor as datas das vacinações e garantir que ninguém vai ficar desprotegido!

Veja aqui: Calendário de Vacinação: 5 aplicativos para deixar as vacinas da família em dia.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */