Turismo

Viagem para Gramado: dicas de roteiro completo para 5 dias

A natureza, o estilo europeu e o clima agradável fazem de Gramado uma das cidades mais visitadas do Brasil e a mais procurada da serra gaúcha. Os atrativos são inúmeros e, para conhecer um pouco deles, o ideal é passar pelo menos 5 dias por lá. Saiba como nas dicas de roteiro completo:

1º. Dia – Comece seu passeio turístico pelo Pórtico de Gramado. Vale a pena dar uma paradinha para tirar fotos, caso esteja de carro. É uma tradição fazer uns cliques no local.

Ainda pela manhã, vá ao centro da cidade, incluindo: Igreja Matriz, Fonte do Amor Eterno e o delicioso Mundo de Chocolate da Lugano. E mais: Palácio dos Festivais, Rua Coberta e Av. Borges de Medeiro.

Na parte da tarde, a sugestão é conferir o monumento Kikito, o Minimundo, a Rótula das Bandeiras e a Rua Torta.

Os parques temáticos Minimundo e Mundo Encantado, aliás, são ótimos para entreter a criançada, pois contam com miniaturas inspiradas em construções, culturas e tradições europeias.

Nada melhor para encerrar o primeiro dia em Gramado do que uma voltinha no Parque do Lago Negro para apreciar sua beleza.



2º. Dia – Procurando um pouco de aventura? A sugestão é curtir o segundo dia nas alturas, em passeio de helicóptero. A duração do percurso você decide: de 5 minutos a 3 horas. Nele, você pode observar lugares incríveis como a Igreja Matriz de Gramado, a Cascata do Caracol, o Palácio dos Festivais e o Vale do Quilombo.

Até Caxias do Sul pode fazer parte da viagem. Nos percursos mais longos, um dos destaques é passear de helicóptero pelo encantador Vale dos Vinhedos, incluindo descida entre as vinhas e brinde à beira de uma cachoeira.

Há opção também que sobrevoa o famoso Parque Nacional dos Aparados da Serra. Esta viagem inesquecível tem direito a descida em um cânion e almoço em hotel. Imperdível!

3º. Dia – Reserve-o para conhecer uma das vinícolas da serra gaúcha. É praticamente impossível ir à Gramado e não passar por elas. Se o tempo está apertado para aproveitar o Vale dos Vinhedos em Bento Gonçalves, ao menos siga até a Revanello.

Depois de conferir de perto os parreirais e o trabalho de fermentação, decantação e estocagem, o trajeto termina com uma degustação de vinho para completar o dia de um jeito todo especial.

4º. Dia – Quando o tempo é mais limitado, o segredo é aproveitar os pacotes para Gramado. A região é cheia de atrações para todas as idades e gostos.

Uma delas é a jardineira ou maria-fumaça, um passeio perfeito especialmente para quem não está de carro e que conhecer os pontos turísticos mais frequentados na cidade.

Com o percurso de 1h30min, você tem direito a paradas estratégicas como as do mirante do Vale do Quilombo e Lago Negro. Vale a pena ainda fazer uma visita mais demorada à linda Igreja Luterana e à Matriz de São Pedro.

Para fechar com chave de ouro a programação do dia, uma voltinha pela Rua Coberta, um local sempre movimentado e que fica ainda mais divertido à noite.

A galeria coberta de vidro e trepadeiras é um charme e ainda conta com diversas opções de cafés, bistrôs e bares para você fazer um lanchinho. Aposte em um chocolate quentinho, um caldo ou vinho para terminar bem seu passeio por Gramado no quarto dia.

5º. Dia – A passagem pelo Le Jardin Parque de Lavanda é imprescindível, seja no fim ou no início da viagem. Sou capaz de garantir que você não vai se arrepender com o cenário, que lembra o das plantações francesas de Provence.

São aproximadamente 10 mil pés de lavandas para você ficar deslumbrada (o) com tanta beleza e perfume, principalmente se for lá no mês de novembro, quando o espetáculo da natureza é ainda mais impressionante.

Além do aroma, as lavandas ficam todas floridas nessa época do ano. A entrada para o parque é gratuita e ele fecha somente nas segundas-feiras.

Espero que o artigo de hoje deixe sua viagem para Gramado ainda mais emocionante com as dicas de roteiro completo para 5 dias.

Boa viagem, e até breve!

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */