Nutrição Suplementos

Vitamina K2: benefícios e alimentos onde encontrá-la

Se existe uma vitamina que você precisa conhecer mais a respeito, é a vitamina K2. Não só porque ela deve estar em falta agora mesmo no seu organismo, mas também porque, apesar de pouco conhecida, ela pode trazer inúmeros benefícios à saúde, como você vai ver no nosso artigo de hoje.

O nutriente tem sido apontado nos últimos tempos como extremamente eficiente no combate a diversos males que possam acometer o corpo, dentre eles, doenças cardíacas e a temida osteoporose, esta que atinge principalmente mulheres no período da menopausa.

A vitamina K2 também é conhecida por suas propriedades anti-hemorrágicas, ou seja, Inclusive, o K vem da palavra dinamarquesa koagulation, que significa “coagulação” em português. Para quem não sabe, essa função da vitamina no organismo é essencial para impedir sangramentos que possam levar a quadros de hemorragias.

Achou que acabaram os benefícios que ela pode fazer pela nossa saúde? Nada disso! O nutriente é essencial para potencializar os efeitos da vitamina D no corpo, quando usadas juntas. Quer saber mais sobre os benefícios da vitamina K2 para a saúde? Então, continue lendo esse post até o final e descubra tudo o que ela pode fazer pelo seu bem-estar!

O que é e para que serve a vitamina K2?

As vitaminas K fazem parte do grupo de vitaminas lipossolúveis, ou seja, que para serem absorvidas pelo nosso corpo precisam estar ligadas à gorduras (lipídeos).

Existem três tipos de vitamina K: A K1 (fitomenadiona), que pode ser encontrada em vegetais de cor escura; a K2 (menaquinona), assunto do nosso artigo de hoje e que é produzida por bactérias ou presente em alimentos fermentados, e a K3 (menadiona sintética), encontrada geralmente na maioria dos suplementos.

Apesar de as três vitaminas serem de extrema importância para a nossa saúde, a vitamina K2 é considerada essencial à saúde, já que pode ajudar a combater doenças cardíacas e fortalecer os nossos ossos. No entanto, a quantidade desse nutriente produzida pelas bactérias saudáveis do nosso intestino acaba não sendo o suficiente para prevenir esses males, ainda mais com o passar dos anos, em que a produção passa a diminuir ainda mais, provocando a deficiência dessa vitamina no organismo.

Sendo assim, é preciso suprir as necessidades de vitamina K2 do corpo através da alimentação e de suplementos. Por outro lado, a partir dos alimentos ricos no nutriente, que você vai conhecer nos próximos parágrafos desse artigo, é possível melhorar apenas a coagulação sanguínea.

Os demais benefícios da vitamina, como é o caso da prevenção e combate à osteoporose, doenças cardíacas, varizes, cânceres de próstata, pulmão e fígado, demência, doenças infecciosas, entre outros, só podem ser obtidos através de suplementos.

Benefícios

Como você já leu anteriormente, a vitamina K2 é produzida pelas bactérias saudáveis do nosso intestino. Por isso, os seus benefícios se dão, em sua maioria, nessa parte do corpo.

Além disso, o principal motivo que leva esse nutriente a ser considerado um dos mais importantes ao bom funcionamento do corpo é o seu poder de potencializar as funções de vitamina D, em especial, a D3, que juntas ajudam a fortalecer os ossos e melhorar a saúde cardiovascular.

Outro benefício associado à vitamina K2 está o seu poder de nos ajudar a produzir e nos manter sensíveis à insulina, o que significa que o seu consumo e manutenção adequada dos estoques no organismo podem ajudar a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, evitando assim o desenvolvimento de doenças como a diabetes e problemas metabólicos, causados, muitas vezes, por quadros de obesidade.

A vitamina também pode ser útil para melhorar a saúde sexual. Isso mesmo! Ao tê-la dentro dos níveis normais no corpo, você pode otimizar as funções do hormônios sexuais, como é o caso da testosterona, aumentando a fertilidade nos homens, e diminuindo os níveis desta última em mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP).

Há especialistas que defendem, ainda, que a suplementação de vitamina K2 pode ser essencial também na melhora do desempenho nos exercícios físicos, já que aumenta a capacidade do corpo de utilizar energia durante os períodos de movimentação. Sendo assim, se você é atleta ou pratica algum esporte ou atividade física na rotina, também pode se beneficiar desse nutriente.

E tem mais! A vitamina K2 também é uma excelente aliada na prevenção e combate ao câncer. Isso porque as suas propriedades ajudam a suprimir os genes que tornam as células cancerosas e a produzir os genes que tornam as nossas células saudáveis.

Confira, resumidamente, alguns dos principais benefícios da vitamina K2 para a saúde:

  • Ajuda no fortalecimento dos ossos;
  • Melhora a saúde cardiovascular;
  • Melhora a coagulação sanguínea e evita hemorragias;
  • Potencializa e fornece energia durante a prática esportiva;
  • Melhora a saúde sexual;
  • Previne a diabetes;
  • Previne a osteoporose;
  • Combate os cânceres de próstata, fígado e pulmão;
  • Combate a demência;
  • Evita varizes;
  • Previne doenças infecciosas;
  • Aumenta a sobrevida em até 50%.

Alimentos onde encontrar vitamina K2

Depois de saber todos esses benefícios da vitamina K2, com certeza você deve estar se perguntando onde encontrar os alimentos que contenham boas doses desse nutriente para incluir no cardápio diário, certo? Portanto, a seguir, você vai conhecer alguns deles:

  • Folhas verdes escuras;
  • Peixes e derivados;
  • Soja fermentada;
  • Fígado de galinha e outros;
  • Gema de ovo;
  • Leite;
  • Queijos fermentados (de pasta mole e dura);
  • Peito de frango;
  • Manteiga;
  • Salame;
  • Iogurte.

Qual é a quantidade diária recomendada de vitamina K2?

De acordo com especialistas, a quantidade diária recomendada ainda não foi estabelecida de forma exata, mas é de aproximadamente 200 mcg. Você pode tentar adquiri-la através dos alimentos citados acima ou, ainda, da suplementação. Neste último caso, a dica é optar por consumir suplementos de alta qualidade.

A única dica e de extrema importância que você não deve esquecer é de sempre tomar o seu suplemento junto com gordura, uma vez que a vitamina K2, como você leu no decorrer desse artigo, é lipossolúvel e não será absorvida sem a gordura. O Dr. Vermeer indica que a toma das cápsulas feita por adultos deva ficar entre 45 mcg e 185 mcg.

Quem deve tomar vitamina K2?

Em geral, a deficiência de vitamina K2 costuma acontecer em pessoas com os seguintes problemas:

  • Alimentação pobre ou restrita;
  • Doença de Crohn, doença celíaca, colite ulcerativa e outros quadros clínicos que interferem na absorção de nutrientes;
  • Doença hepática, que interfere no armazenamento de vitamina K de um modo geral;
  • Toma de medicamentos como antibióticos de amplo espectro, remédios para colesterol e aspirina.

Portanto, se você se encaixa em algum desses grupos, procure fazer um exame médico para avaliar os níveis de vitamina K2 presentes no seu organismo. Em caso de deficiência, converse com o seu médico e invista em alimentos ou suplementos que forneçam as quantidades ideais do nutriente a você.

Efeitos colaterais e contraindicações

De um modo geral, a reposição dos estoques de vitamina K2 no corpo através da alimentação ou suplementação é 100% segura e, portanto, não deve trazer nenhum efeito colateral indesejado ao corpo. No entanto, pessoas que fazem uso de remédios anticoagulantes devem procurar um médico antes de consumir o nutriente.

Mulheres grávidas ou que estejam em fase de amamentação também não podem fazer a suplementação de vitamina K2 se a dosagem for maior que 65 mcg, a não ser que esteja sob a recomendação de um médico.

Pessoas que sofreram AVCs, paradas cardíacas ou são mais propensas à coagulação sanguínea não devem tomar vitamina K2 sem antes fazer uma consulta médica.

LISTA VIP!
Nossas Dicas no seu Email
Seja a primeira a saber das nossas últimas dicas. Coloque seu email abaixo e receba nossos posts:
Cadastrar!
close-link
/* ]]> */