Exercícios Saúde

Whey e Creatina: Importância deles na musculação

Você já deve ter ouvido falar nas suplementações usadas pelas pessoas adeptas da musculação, não é mesmo? O Whey Protein e a Cretina são duas das opções mais comuns e que costumam agradar muito tanto os iniciantes quanto as pessoas mais experientes no ramo da atividade física.

Infelizmente, por ser algo já muito relacionado com a musculação, muitas pessoas não sabem que eles podem ser utilizados em outros cenários também – ou que não necessariamente sejam obrigatórios para quem pratica a musculação.

Para que você não seja uma das pessoas desinformadas e que não saibam exatamente para que o Whey Protein e a Creatina são utilizados, fique por aqui e confira o nosso conteúdo completo com todas as informações que te ajudarão a fazer boas escolhas.

Vamos lá?

Whey e Creatina: Importância deles na musculação

Antes de tudo, é importante entender exatamente o que é o Whey Protein e o que é a Creatina, e para que eles servem, antes de chegarmos ao grau de importância que eles possuem na prática da musculação. Segue o fio.

O que é o Whey e para que ele serve?

O Whey Protein é basicamente a proteína do leite só que na opção em pó, sendo assim é uma fonte de proteína que auxilia no ganho de massa ao ser consumida nas quantidades adequadas e dentro de sua dieta.

Apesar do que muitos pensam, o Whey Protein não é nenhum tipo de produto milagroso que irá fazer com que seus músculos cresçam descontroladamente. Não é bem assim que funciona.

Ao consumir este produto, você estará apenas realizando o controle de proteína que o seu corpo precisa para funcionar e, claro, ajudar na regeneração muscular. Como a proteína é algo essencial para o ganho de massa, pode-se dizer que o seu consumo pode te ajudar nesse objetivo.

Mas, se não houver prática constante de atividade física e o consumo adequado para o seu tamanho, os resultados não virão.

Ou seja, podemos dizer que o Whey Protein serve para te ajudar a complementar a proteína que você precisa diariamente.

Ele serve como uma ajuda, principalmente para aquelas pessoas que possuem certa dificuldade em bater os macros necessários para ganho de massa ou até mesmo emagrecimento com ganho de massa ao mesmo tempo.

Mas, digamos que você já consuma em alimentos protéicos o suficiente para o seu corpo diariamente sem a suplementação. Então, neste caso, não será necessário fazer o investimento em Whey Protein.

Por isso, o Whey não é algo obrigatório para quem faz musculação. Mas, pode ser um grande aliado quando se mostra necessário.

Whey Protein Vegano?

Se você não costuma consumir leite e seus derivados, saiba que é possível encontrar diversas opções de proteínas veganas disponíveis no mercado. Assim, todas as pessoas poderão realizar a suplementação com proteína sem preocupações.

E para as pessoas que não comem carne e outros tipos de proteínas que derivam dos animais, essa é uma forma de não deixar faltar proteína no dia a dia e se manter saudável.

O que é a Creatina e para que ela serve?

A creatina é um conjunto de aminoácidos que nosso organismo é capaz de produzir. A opção que encontramos como suplemento, que é o nosso interesse neste conteúdo, é encontrada de forma mais concentrada – ou seja, terá mais potência ao ser utilizada com frequência.

O uso da creatina é feito por quem pratica atividades físicas, como a musculação, porque ela é ótima para aumentar o seu desempenho na hora da prática e ainda ajuda no tônus muscular.

Mas, não será do dia para a noite que haverá grandes mudanças. O uso da creatina deve ser constante, onde só haverá resultados significativos após algum tempo de uso.

Ao iniciar o consumo deste suplemento, é preciso ter conhecimento de que seu uso deverá ser “para sempre”. Ficar um tempo sem o consumo, por exemplo, já irá atrapalhar o seu desempenho.

Por isso, o uso da creatina só é indicado para quem já treina há algum tempo e procura intensificar ainda mais a prática e conseguir resultados ainda melhores. Para uma pessoa que treina diariamente, casualmente, mais para manter a saúde e um bom físico, não precisa (necessariamente) fazer o uso da creatina.

Seu uso é mais indicado para atletas, que precisam ter muito mais resultados e para pessoas que trabalham com resultados (como fisiculturistas, por exemplo).

Isso não significa que seja contraindicado para pessoas que malham por cuidarem do seu corpo e saúde, mas o ideal é consultar um profissional antes de iniciar o uso de qualquer suplementação.

Qual a importância de ambos na musculação?

Ambos os suplementos são grandes aliados dos bons resultados na prática da musculação. O Whey Protein irá auxiliar no consumo de proteína – o que irá gerar melhores resultados musculares.

Já a creatina, será o gás extra necessário para dar o seu melhor e, claro, começar a ver resultados ainda melhores com o tempo.

Mas, como citamos acima, é importante saber quando utilizar essas suplementações para não fazer um investimento desnecessário ou consumir algo além do necessário para os seus objetivos.

Apesar de qualquer pessoa ter o poder de comprar o Whey Protein e a creatina em farmácias, lojas de suplementação, etc, o ideal é realizar uma consulta médica antes de conhecer suas necessidades.

Um nutricionista é o indicado para começar, pois ele irá montar uma dieta equilibrada para o que você precisa e saberá se há ou não necessidade de incluir suplementos no seu dia a dia.

Conclusão

Concluindo, podemos dizer que tanto o Whey Protein quanto a creatina são suplementações importantes e que podem fazer a diferença na vida de quem pratica a musculação frequentemente.

Mas, como também vimos, ela não é necessariamente obrigatória para todas as pessoas que praticam essa atividade física.

Se você tem interesse em utilizar esses produtos, consulte o seu nutricionista e confira suas reais necessidades. Além disso, é importante saber fazer boas escolhas para não comprar um produto que não irá ser benéfico para você e que até poderá ter o efeito contrário.

E aí, você costuma utilizar essas suplementações para a prática da musculação?

Sobre o autor

Pedro Henrique Ferreira Mendes