Emagrecimento Nutrição

Xarope de Agave para emagrecer? Tome cuidado!

Xarope de Agave para emagrecer

O açúcar refinado em excesso causa vários males à saúde, como o colesterol e o diabetes, além do aumento de peso e a indesejada gordura localizada. Assim, muitas pessoas em busca de uma alimentação mais natural e equilibrada, optam por adoçantes naturais e mais saudáveis. O Xarope de Agave é um deles. É utilizado principalmente por homeopatas, naturistas, veganos, vegetarianos e por seguidores da dieta crudívora, por ser um poderoso adoçante 100% natural. Atualmente, ele pode ser encontrado com facilidade em mercados, e drogarias.

Conheça seus benefícios e os cuidados que deverá ter ao incluir o Xarope de Agave na dieta.

O que é o Xarope de Agave?

Também conhecido como mel de agave, ou néctar de agave, o Xarope de Agave é o suco extraído das folhas da planta Agave Azul, que são extremamente doces. Proveniente da América Latina, quando a planta atinge a idade de 7 a 10 anos, é cortada e feita à primeira extração da seiva: o hidromel, ou a água do mel, que é consumida como uma bebida que proporciona uma sensação de frescor. Quando o hidromel passa por um processo de fermentação, é obtida a Tequila, uma bebida alcoólica muito tradicional no México.

Veja também – Chá de Hibisco emagrece? Conheça os benefícios e como tomar

Para que se obtenha o Xarope de Agave, a planta é processada e submetida a altas temperaturas, tornando-se assim, um líquido com textura parecida com a do mel. Podem ser obtidos xaropes mais claros ou mais escuros. O de tom mais claro, conhecido como xarope de bordo, com sabor, cor e textura parecidos com o do mel de abelhas, é usado para adoçar barrinhas de cereais, chás, energéticos, entre outros. O de tom mais escuro, com a cor e o sabor de caramelo, é utilizado para adoçar panquecas, torradas, entre outras. O Xarope de Agave realça e potencializa o sabor dos alimentos, principalmente das frutas e cereais.

Xarope de ágave



Xarope de Agave e o Açúcar refinado

Caracterizado por seu potente poder de adoçar, principalmente devido à sua composição que é 90% frutose e 10% glicose, o Xarope de Agave deve ser usado em menores quantidades que o açúcar refinado. Conheça os motivos:

  • Por ter um nível de glicose mais baixo que o açúcar refinado, ele faz com que suba menos a taxa de insulina;
  • Possui menos calorias que o açúcar refinado;
  • Pode, a princípio, ser usado por diabéticos;
  • Promove a perda de peso, uma vez que ocorrem menos picos de insulina no sangue.

O açúcar refinado é composto de sacarose (frutose e glicose), enquanto que o Xarope de Agave é composto quase que totalmente de frutose. Uma vez que ele adoça mais, e a quantidade usada é menor, significa um consumo menor de calorias.

O Xarope de Agave não é um produto baixo em calorias: possui 305 calorias em 100 gramas, enquanto que o açúcar refinado possui 390 calorias em 100 gramas. Portanto, ambos são calóricos, sendo a diferença mínima entre um e outro.

Xarope de Agave: propriedades

É um alimento rico em nutrientes. Contém minerais, potássio, vitaminas E e C, ferro, sódio e outros oligoelementos, atributos que o açúcar refinado não possui. Não contem glúten nem lactose.  Além disso, o Xarope de Agave possui um índice glicêmico muito baixo em comparação ao açúcar refinado. Quanto maior o índice glicêmico de um alimento, maior será o nível de açúcar no sangue.

Ao consumirmos uma quantidade de Xarope de Agave, por exemplo, uma colher de chá, o nível de açúcar no sangue aumenta mais lentamente do que se consumirmos a mesma quantidade de açúcar refinado. Dessa forma, a frutose não estimula a produção de insulina, podendo ser utilizado por diabéticos e em dietas, uma vez que mantém os níveis de açúcar no sangue estáveis.

O Xarope de Agave possui propriedades medicinais, como as diuréticas e é utilizado para o tratamento da artrite e da constipação intestinal, entre outras. Por possuir um baixo índice glicêmico, auxilia a redução da absorção de gordura e colesterol no intestino, contribuindo para a perda de peso.

Sobre a frutose

Apesar de possuir um índice glicêmico baixo, o Xarope de Agave possui alto teor de frutose, podendo proporcionar um aumento de peso, se consumido em excesso. As frutas in natura contém frutose, mas também contém fibras, que são absorvidas lentamente pelo organismo até chegarem ao fígado. O fígado transforma a frutose em gordura, ocorrendo o aumento de peso. A frutose também pode causar resistência à leptina, hormônio responsável pelo controle da ingestão de alimentos.

Veja também – Dicas para Emagrecer no Inverno – Dietas e Exercícios

Se os sinais de saciedade que o organismo nos envia forem prejudicados pelo consumo elevado de frutose, haveria uma significativa desvantagem para qualquer dieta de emagrecimento. Além disso, o excesso de frutose pode levar ao aumento da pressão arterial (hipertensão), diabetes , triglicérides, gordura abdominal e obesidade. Se for consumido com moderação, pode ser uma boa alternativa ao açúcar refinado. O consumo de qualquer tipo de açúcar em demasia, causa males à saúde.

Como é feito o Xarope de Agave?

O Xarope de Agave, encontrado facilmente em supermercados, drogarias, e lojas de produtos naturais, é bem diferente quanto à sua fabricação em comparação a tradicional empregada pelo povo mexicano. Depois de colhida a agave azul, a planta é cortada e espremida para a extração de seu líquido adocicado: a seiva ou néctar de agave. No entanto, quando a agave é processada e refinada, e submetida a altas temperaturas, seus nutrientes principais, as enzimas e os frutanos, são convertidos em frutose, e o agave perde a maior parte de suas substâncias benéficas ao organismo.

Xarope de Agave na dieta

Em toda dieta de emagrecimento, os açúcares devem ser evitados ao máximo, independentemente se sua origem. O elevado consumo de açúcar, seja através de refrigerantes, doces, barrinhas de cereais, alimentos contendo sacarose ou xarope de milho, contribui para o aumento de peso. Com o Xarope de Agave não é diferente.  Aparentemente ele pode ser considerado um substituto do açúcar refinado, mas sabemos que é um alimento rico em frutose e possui valor calórico elevado, e que se não for usado moderadamente, poderá levar ao aumento de peso e originar outras doenças. Seu uso não é proibido, apenas deverá ser consumido com cautela.

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */