Sexo

Zonas erógenas da mulher: tudo o que você precisa saber

Zonas erógenas da mulher

Conhecer as principais zonas erógenas da mulher é o primeiro passo para conquistar um sexo mais prazeroso. Entretanto, reconhecer também que cada mulher possui as suas próprias fantasias e desejos, também é importante para que a transa seja gostosa.

Todavia, existem algumas zonas corporais que, quando estimuladas da maneira certa, podem provocar sensações nas mulheres que elas nunca haviam sentido.

Além disso, conhecer estas zonas erógenas é importante tanto para o homem – que quer agradar a sua parceira – quanto para a mulher. Afinal, conhecer o próprio corpo, os seus desejos e aquilo que lhe dá mais prazer é muito importante.

Considerando que apenas assim você poderá mostrar e conversar com o seu parceiro sobre aquilo que você deseja sentir, por exemplo.

Contudo, muito mais importante que conhecer ambas as possíveis zonas erógenas (do homem e da mulher), é imprescindível conversar entre si sobre isso. Afinal, cada pessoa sente-se mais estimulada em uma região do que outra. Por isso a conversa entre o casal é extremamente importante.

Visto todos estes pontos, vamos a nossa lista com as principais zonas erógenas da mulher e como melhor aproveitar cada uma delas.

Zonas erógenas da mulher

Cabelos

Esta deve ser uma das zonas erógenas da mulher mais clássica de todas. Os cabelos podem estimular muito durante o sexo, principalmente os que estão mais próximos da nuca.

Para isso, uma puxadinha de vez em quando pode ser muito excitante. Entretanto, lembre-se de não começar já puxando muito forte, ok? Tem que ir gradativamente, assim como o ritmo do sexo em si.

Caso contrário, você poderá machucar a mulher que ainda não está excitada o suficiente para se agradar com aquele “puxão” inesperado. Podendo assim, quebrar o clima do momento.

A não ser, obviamente, que a mulher já tenha deixado claro que gosta de ter o seu cabelo puxado com força, independente do ritmo que já esteja o sexo. Para saber isso, apenas conversando frequentemente com a sua parceira.

Zonas erógenas da mulher

Orelhas

As orelhas são outra região que provocam muitos arrepios e prazeres nas mulheres. Lamber o lóbulo da mulher, por exemplo, pode deixá-la extremamente excitada. Além disso, intercalar a exploração desta zona erógena com algumas palavras mais quentes no pé do ouvido, é sucesso na certa!

Aposte, inclusive, em usar as mãos próximas das orelhas. Pressionando com o dedo polegar logo atrás do lóbulo da parceira, enquanto a beija. Isso a deixará muito relaxada e irá proporcionar muito prazer para a mesma.

Nuca

Aproveitando o clima que as orelhas já proporcionaram a sua parceira, suba de nível e comece a estimular a nuca. Beijar esta região, respirar próximo da pele ou ainda, segurar firme com as mãos, faz com que qualquer mulher se entregue.

A sensação de prazer é muito intensa nesta região, pois as sensibilidades da nuca, das orelhas e dos cabelos da mulher estão muito interligadas. Explorar bem esta região é sucesso garantido!

Parte interna das coxas

Quer deixar a sua parceira ainda mais empolgada com o momento? Experimente massagear com um bom óleo quente a parte interna das coxas. Tente, dessa forma, se aproximar o máximo possível da virilha. Só não vale cair na tentação e já ir logo tocando na vagina, ok?

Este momento é crucial para que a mulher fique bem excitada e lubrificada. Ela irá desejar que você toque em sua região íntima o quanto antes. O segredo, no entanto, está em deixá-la passando um pouco de vontade.

É claro que não dá para ficar muito tempo massageando e “enrolando” para chegar ao finalmente. Até porque pode se tornar cansativo, e com isso ambos podem começar a perder a libido.

Por esse motivo, no entanto, você precisa estar bem atento as expressões da sua parceira. Quando notar que ela está nitidamente no “ponto” parta para um bom sexo oral.

Seios

Outra zona erógena feminina que é “um clássico”. Saber massagear e beijar os seios é fundamental para estimular bem a sua parceira. Há ainda aquelas mais ousadas que curtem umas mordidinhas de vez em quando.

Porém, vá com cuidado, ok? Esta região pode ser muito sensível, dependendo da mulher, é claro. Para isso utilize do diálogo! Ou inicie com delicadeza e vá aumentando as pressões e a força das mordidas. Observe sempre as reações da sua parceira.

Visto isso, não tenha medo de cair de boca nos mamilos! Esta região é super sensível e causa até arrepio nas mulheres. O momento que o homem tira o sutiã e desliza as mãos pelos seios, podem provocar muitas sensações prazerosas em ambos.

Zonas erógenas da mulher

Bumbum

Apertar o bumbum com firmeza é imprescindível na hora do sexo. Porém, tenha em mente que quando falamos em “firmeza”, não estamos falando em “com força”. Afinal, são duas coisas diferentes. A não ser, obviamente, que a sua parceira goste de algo mais forte.

Para estes casos, experimente dar um tapinha no bumbum da sua mulher. Aumente a intensidade devagar, para não perder totalmente o clima já de cara – da mesma forma que funciona com os cabelos.

Além disso, fique na região da dobra do bumbum, entre a perna e as nádegas. Esta é a parte mais sensível desta zona erógena, e proporciona muito prazer.

Clitóris

Parece um pouco estranho colocarmos o clitóris e a vagina em nossa lista de zona erógenas da mulher. Porém, é muito importante que falemos sobre eles! Afinal, o clitóris, principalmente, muitas vezes é negligenciado por alguns homens, na hora do sexo.

Como consequência, algumas mulheres nunca nem se quer experimentaram um orgasmo durante uma relação sexual. Por esse motivo, explorar e estimular bem essa região é muito importante. Tanto na hora da penetração, quanto no sexo oral.

Por esse motivo, não tenha pudor! Explore bem o clitóris e a vagina da sua parceira. Toque delicadamente com os dedos em todas as regiões. Passeie com os lábios e a língua também. O prazer é garantido.

As zonas erógenas da mulher podem ser essas e outras mais. Tudo dependerá da mulher e dos seus gostos, desejos e fantasias. Sendo assim, você, homem, converse com a sua parceira! Descubra o que ela gosta. E você, mulher, seja franca com o seu parceiro e deixe claro o que gostaria que ele fizesse.

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */